Por que eu não recomendo Noronha com crianças?

DSC07486

Praia do Sancho

Quem me conhece sabe o quanto eu sou apaixonada por Fernando de Noronha e por viajar com minhas filhas.. . Na  última vez que fui pra Noronha   cheguei a comprar passagens para as meninas em uma mega promoção. Depois do impulso da compra (aquelas coisas que acontecem quando você vê a volta por R$1 e está sozinha com o computador e o cartão de crédito), pensei melhor e decidi cancelar as passagens delas. E quer saber o por quê?

DSC08537

Museu dos Tubarões com certeza agrada às crianças

Antes de mais nada, dá uma lida no post sobre o que eu acho imperdível em Noronha para poder entender o post daqui por diante.

Bom.. a questão é custo x benefício, pronto baixou a Flávia administradora-economista rs Se você é uma das raras pessoas que não têm problema com orçamento, pode sair do post pois não é pra você.

Vamos lá… Sobre crianças em Noronha…. Tenho certeza que muitas mães já foram e acharam tudo de bom! É como sempre falo.. Noronha é perfeita até debaixo de chuva! E sim, a ilha tem vários lugares bacanas para ir com as crianças e vou citar alguns pra quem quiser realmente ir:  Praia do Porto, Praia da Atalaia; dependendo da época por causa das ondas as praias do Boldró, Sancho, Baía dos Porcos, Sueste, Cacimba do Padre, Cachorro; Projeto Tamar; Museu do Tubarão; o Forte; o Projeto Navi (uma embarcação com o fundo de vidro), o passeio de barco.. enfim.. as crianças com certeza aproveitarão. Engana-se também quem acha que Noronha não tem lugar bom para comer.. a ilha tem vários  restaurantes maravilhosos e muitos com todos os tipos de comida. Porém, depois de ir mais de uma vez pra Noronha, ficando bastante tempo, eu posso dizer que você indo com crianças estará deixando de aproveitar (você e elas) o MELHOR do arquipélago e o pior… gastando muito do mesmo jeito.

Vamos à listinha…

DSC02105

arraia vista em um mergulho, foto sem zoom

DSC05273

tartaruga vista no Sancho, de snorkel

1) Ir para Noronha e não mergulhar de cilindro é um pecado! A vida marinha é riquíssima, com uma visibilidade maravilhosa! Criança pode mergulhar, fazer o batismo, SE tiver mais de 10 anos pode, com a autorização dos pais (orientação dada pelas empresas da ilha). E aí eu coloco mais um ponto.. Na primeira vez que mergulhei na ilha,  fui cercada por 5 barracudas, supondo que aconteça isso com uma criança, mesmo que seja com 10 anos, qual seria a reação dela? E se ela se desesperar? Eu fiquei com medo, mas fiquei na minha, não me desesperei. O fato é que quando a gente diz que a vida marinha é rica, significa que você vai mergulhar e vai ver tubarão, barracudas, tartarugas enormes, arraias, cardumes imensos… e resta saber se a criança vai encarar tudo isso na boa ou se vai ter medo.

DSC02029

prancha do mergulho à reboque

DSCN1837

mergulho à reboque

2) O mergulho à reboque, ou planasub, aquasub e todos os nomes relacionados ao mergulho com snorkel segurando uma prancha e sendo puxado por uma lancha, é uma delícia e passa por naufrágios, dando pra ver tartarugas, arraias, sem cansar. Na primeira vez que fui na ilha fiz 3 vezes! Porém, não recomendo para crianças. A velocidade da lancha faz uma pressão grande na prancha e até para o adulto é preciso fazer uma força pra não se soltar, além de não ser tão simples para uma criança o mecanismo de afundar com a pranchinha e depois subir, fora a apnéia que precisa ser realizada. Ok, você pode deixar a criança na lancha, mas isso também é pago e alguém precisa ficar com ela.

DSC09185

cachoeirinha escondida no Sancho, dá pra ver no passeio de barco

3) Fernando de Noronha tem trilhas lindíssimas, nem sempre fáceis, e muitas vezes longas. A trilha Atalaia longa vai para a praia das Caieiras, passando por pedras, dura 3 horas e definitivamente não é pra crianças, mesmo as aventureiras. Até mesmo a trilhinha que leva à cachoeira escondida no Sancho não dá pra levar criança.. e também não dá pra perder esse banho 🙂

DSC08708

golfinhos vistos no passeio de barco

4) O famoso passeio de barco que vê os golfinhos, diria que passeio obrigatório pra qualquer pessoa que vá para Noronha, dá uma parada de 30 minutos na Praia do Sancho. Sendo que ele não para na beira da praia, o local que a embarcação fica é bem distante da areia, logo bem fundo, e para quem vai com criança pequena, esses 30 minutos são perdidos, pois é impossível curtir, nadando com snorkel, já que tem que ficar junto à criança, mesmo com bóia, para que não seja levada pela correnteza. Para ter noção de como fica distante da arrebentação, não dá tempo de ir no raso e voltar, isso sem criança. De novo, pode até deixar a criança no barco, mas tem que ver se alguém fica com ela.

DSC08867

pra ter noção da distância que se fica no mergulho no Sancho durante o passeio de barco

Enfim, você vai pagar uma das passagens internas mais caras do Brasil, um lugar onde uma pousada simples (mas em condições de receber crianças) não vai sair por menos de R$300 por dia, onde comer, beber, tudo é caro e não vai aproveitar a ilha como merece. Outro dia estava fazendo as contas.. e sem esbanjar, sem comprinhas, um turista gasta em média R$ 2500 em 5 dias em Noronha. Ah, valor sem pousada, passagem e sem ser na alta temporada.

Junte isso a duas coisinhas que também me preocupam quando penso em levar as meninas:

– São apenas 2 vôos diários em um aeroporto com pista pequena e que só funciona de dia. Se chover a Gol não pousa lá, logo o vôo é cancelado. Isso aconteceu comigo na última vez que fui.

DSCN1756

euzinha no hospital fazendo o curativo

– Existe apenas um hospital em Noronha, o São Lucas. Pra ter noção, ninguém nasce em Noronha. Não se faz parto, transfusão de sangue, enfim, ficar doente lá significa voltar ao continente, lembrando que isso só é possível uma vez ao dia por companhia aérea (basta dar um google que se vê vários depoimentos sobre o problema hospitalar em Noronha)

Lógico que é o tipo de situação que ninguém quer passar, mas temos que pensar em tudo quando viajamos com as crianças. Eu mesma, na primeira vez que fui na ilha, abri o  meu dedo do pé nos corais na Praia do Atalaia, mergulhando em meio metro de profundidade. Fui obrigada a conhecer o Hospital São Lucas para fazer o curativo, e apesar de tudo limpinho, realmente me pareceu mais um ambulatório, posto de saúde, do que um hospital.

Enfim.. eu amo Noronha, amo viajar com minhas filhas.. mas por enquanto não acho que dá pra unir os dois.

 

 

 

 

 

 

 

 

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.
Últimos comentários
  1. helena
  2. Theísa
  3. KARLA CAMPOS
  4. Quezia
  5. natalia
  6. Terentia
  7. Victoria Mollmann
  8. Walkiria Herminia
  9. Daniela Ligabue
  10. MARISE
    • Emanuela
  11. Ana Cássia Braga de Oliveira
  12. Kennedy Carvalho
    • Izzi
  13. Vanessa
  14. Vera Clapis
  15. flavio
      • Patricia Ferreira Vieira
      • Giovani
    • jussara
  16. Talita
    • Patrícia
  17. Caroline
  18. Ayrton
  19. Jhuan lucca
  20. Carla
  21. Priscila
    • Mercia Marinho
  22. Sarah Galvão
  23. Sonia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *