Central Park: o que não deixar de ver

Wollman Rink no Central Park

Wollman Rink no Central Park

Pergunte a quem já foi à Nova York sobre ir ao Central Park  e a resposta será sempre a mesma: não deixe de ir! Eu confesso que não me conformo com pessoas que vão à Manhattan e não entrem uma vez sequer no parque. Na minha opnião, é o melhor lugar da cidade para descansar, ler, passear, fazer exercícios, tirar fotos, namorar e um dos melhores lugares para observar os novaiorquinos, seja num momento de lazer ou indo para o trabalho.

O que nem todo mundo fala e acaba deixando o viajante perdido é o que não deixar de fazer ou ver no Central Park. Afinal estamos falando de um parque que vai da 59th street até à 110th street e mesmo com toda disposição e tempo, conhecer ele à pé, todo de uma vez, é uma missão quase impossível. Por isso, sugiro separar as atrações por direções (leste, oeste) e por ruas, e confronte com o seu roteiro e lugares que você vai visitar na Big Apple. Como por exemplo deixar para visitar o lado oeste do parque quando for ao Museu de História Natural; conhecer o leste do parque quando for ao Metropolitan Museum, e assim por diante. De qualquer maneira é preciso destacar algumas atrações para não deixar de ver, e fiz uma listinha com as minhas recomendações para ajudar:

  • urso polar no Zoo do Central Park

    urso polar no Zoo do Central Park

    Zoo (East Side entre 63rd and 66th Street): Ele foi cenário da animação Madagascar . Destaque para a área gelada com urso polar, leões marinhos, leopardo da neve e pinguins

  • Bow Bridge (região central do parque, na 74th Street): Uma das pontes de ferro fundido do parque, dá uma visão ampla dele e dos prédios ao seu redor;
  • Wollman Rink (East Side entre 62nd and 63rd Street) : além de patinar no gelo, no inverno, é possível tirar fotos lindas, durante o ano todo, da skyline da cidade que já viraram cartão postal de NY;
  • Strawberry Fields (West Side, 72nd Street) : Trata-se de um tributo que Yoko Ono fez à memória de John Lennon. Seu nome tem origem na música da famosa música dos Beatles ”Strawberry fields forever”. Está localizado à frente do edifício Dakota, o local onde John Lennon viveu desde 1973e onde faleceu. No piso há um mosaico om a palavra Imagine;
  • The Great Lawn , ou o grande gramado (da 79th até a 85th Street) : uma das mais famosas áreas verdes do mundo, é o lugar onde os novaiorquinos se divertem no verão, fazem picnic, jogam futebol americano, basebol, e levam seus filhos para brincar;
  • The Mall (região central do parque, da 66th até 72nd Street) : um grande corredor arborizado, que muito provavelmente você já viu em algum filme. Caminhe por ele e tire ótimas fotos;
  • Bethesda Fountain (região central do parque, na 72nd Street), um belo chafariz que é um dos grandes símbolos do parque;
  • Belvedere Castle (região central do parque, na 79th Street): seu mirante proporciona uma das melhoras vistas para o parque;
  • Conservatory Garden (East Side da 104th até 106th Street, entrada pela 5a avenida com 105th Street): uma espécia de labirinto de jardins, repleto de fontes e estátuas;
  • Delacorte Theatre (região central do parque, na 80th Street ): no coração do parque, é conhecido pelas produções de verão das peças de Shakesperare.

E vocês, curtem o Central Park? Qual o cantinho preferido?

Quer mais dicas de Nova York? Acesse o link Nova York é tudo de bom

Já tem onde se hospedar na cidade? Reserve pelo nosso parceiro Booking

Hotéis em Nova York

 

 

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.
Últimos comentários
  1. Sueme
  2. Ida zola
  3. carlos
  4. Danielle
      • Danielle
        • Sylvia
  5. Daniel Lazzaro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *