Um tour com as crianças pelo estádio da final da Copa do Mundo de 2014: Maracanã

Estádio Jornalista Mário Filho - Maracanã

Estádio Jornalista Mário Filho – Maracanã

Atualizado em novembro de 2017

2014 foi ano de Copa do Mundo de futebol, e não foi qualquer Copa, mas  de uma Copa realizada aqui no Brasil, a segunda, depois de 63 anos da realização da primeira, em 1950.  Mesmo não tendo vencido a Copa, o Maracanã foi palco da grande final e também das Olimpíadas do Rio em 2016. 

Maracanã

Tour com as meninas no Maraca

Fiz o tour pelo novo Maracanã em 2013, com as meninas. Tive a oportunidade de ver detalhes da obra desse templo do futebol, que foi construído para a primeira Copa no Brasil , a de 1950, aquela fatídica que perdemos na final para o Uruguai. E fiquei muito bem impressionada com tudo. 

Porém de 2013 pra cá, depois da Copa e da Olimpíadas o tour foi “temporariamente cancelado” até que o Comitê devolvesse o estádio, e isso aconteceu agora em junho de 2017. Infelizmente não é o tour que fiz e até estou querendo ir de novo para ver as mudanças e atualizar o post mais uma vez. Mas só em voltar já é bacana! Segue abaixo o relato do tour de 2013! Segue o link para o tour novo

Foi a primeira vez que elas foram ao Maracanã e ainda carregamos as primas! Eu devo confessar que tenho um certo orgulho em dizer que não lembro a primeira vez que fui lá. Isso porque eu faço parte de uma família flanática que sempre levou as crianças para assistir aos jogos no Estádio Jornalista Mário Filho, o nome oficial do nosso MaracaLembro que cheguei a assistir aos jogos do Flamengo daquela saudosa época com o Zico, em 1981, 1982. Mas continuei a ir durante a adolescência, dei uma parada quando casei, mas depois voltei a frequentar. Minha última ida ao estádio foi na final do campeonato estadual de 2009, a qual o Flamengo saiu campeão em cima do Botafogo. 

Mas essa ida foi completamente diferente, não apenas por causa da reforma no estádio, mas porque durante o tour é possível conhecer áreas que não temos acesso em dias de jogos, áreas exclusivas e que todo mundo já quis ver um dia!

Recepção do Tour, com lanchonete, lojinha e peças do museu e da calçada da fama

Recepção do Tour, com lanchonete, lojinha e peças do museu e da calçada da fama

O ponto de encontro do passeio é no hall de entrada, onde fica a lanchonete, a bilheteria e a lojinha. Saímos pontualmente às 15:00h, um grupo eclético com franceses, argentinos, ingleses e brasileiros de vários lugares, e por isso foi conduzido em português e em inglês pelas simpáticas e bem treinadas guias. Alías, falando em treinamento, o tour tem guias falando diversos idiomas, inclusive mandarim!

Tribuna de Imprensa

Tribuna de Imprensa, essa é a área de radialistas, atrás as cabines de TV

Fomos conduzidos pelo elevador até o 5º  andar, onde fica a Tribuna de Imprensa, as cabines das Televisões e de rádios, realmente a visão deles é privilegiada!

Estádio Jornalista Mário Filho - Maracanã

tribuna de honra, tudo de bom!

Descemos para o  3º  andar, onde fica a tão VIP Tribuna de Honra e alguns camarotes. Enquanto a guia nos contava detalhes do que já aconteceu no Maracanã, além de jogos, os shows (em mesma comentei que estive no Rock in Rio de 2001) e quem já esteve naquelas cadeiras, como nós estávamos, como por exemplo a Rainha Elizabeth!  Da tribuna de honra, mas ali no mesmo andar, fomos conhecer um dos maiores camarotes do estádio, super confortável com  telão, sofá, bar.

Maracanã

o camarote que conhecemos

Maracanã Mais

Maracanã Mais

No  2º  andar encontramos o Maracanã Mais, uma área super nova que é tem serviços agregados ao ingresso e uma visão central privilegiada do gramado. Banheiro exclusivo, fraldário, serviço de buffet durante toda a partida, acesso exclusivo, área climatizada com TVs estão entres os serviços disponibilizados a quem compra esse ingresso.

Vestiário B do Maracanã

Vestiário B do Maracanã

Dali seguimos por um caminho que sempre quis conhecer: o que os jogadores fazem antes do jogos. Entramos pelo Vestiário B, que foi usado pela seleção brasileira na final da Copa das Confederações do ano passado (portanto deu sorte! rs). Além de super moderno, climatizado, com TVs espalhadas, o vestiário tem hidromassagem e, para alegria do pessoal, camisas do Brasil com os nomes dos jogadores penduradas em cada baia-armário. Nem preciso dizer que a do Neymar foi a mais disputada para tirar fotos.

Maracanã

área de aquecimento dos jogadores mas que emocionou no tour com a transmissão do hino

Do vestiário para a área de aquecimento, que também é climatizada, e onde passou no telão o momento que tocou o hino nacional, antes da final da Copa das Confederações, deixando todos ali emocionados.

Estádio Jornalista Mário Filho - Maracanã

túnel para o gramado do Maraca

 

 

 

Nem tão aquecida mas com certeza emocionada, passamos pelo corredor, descemos uma escadinha e entramos no túnel que leva ao gramado. Aqueles 15, 20 passos que imagino que sejam emocionantes para qualquer jogador de futebol. Ficamos apenas na beira do gramado, onde ela é artificial, justamente para não estragar o campo. Mas é possível sentar no super confortável banco de reservas, que também é climatizado, acho até que vai ter jogador que vai reclamar menos de ficar por ali rs.

Maracanã

banco de reservas, confortável e climatizado

 

 

sala onde a equipe convidada dá sua entrevista coletiva

sala onde a equipe convidada dá sua entrevista coletiva

Assim como os jogadores fazem quando termina o jogo, fomos para uma sala de entrevista coletiva, no caso a dos times convidados, portanto menor. Não pude evitar de sentar na cadeira, trocando de papel, em vez de imprensa, a entrevistada. Ao término da “entrevista” , o tour também acaba, retornando ao ponto de onde começamos.

 

 

meninas com a prima no gramado do Maraca

meninas com a prima no gramado do Maraca

Perguntei ao final se meninas gostaram, se estavam cansadas, e mesmo sendo meninas e ainda não muito ligadas à futebol, adoraram e não cansaram. Até porque durante o tour vamos sentando nos lugares (o único que não pode é a área do Maracanã Mais), e também não é muito longo, na verdade o ideal para conhecer tudo sem cansar os pequenos.

Uma pena que a calçada da fama e o museu ainda não estejam funcionando, mas isso só é um motivo para voltar lá. Aliás, a única coisa que meninas me pediram foi uma ida ao estádio em dia de jogo… espero fazer isso em breve!

 

minhas princesas conhecendo o Maracanã

minhas princesas conhecendo o Maracanã

 Dicas: 

– recomendo comprar o ingresso com antecedência no site, pois o tour tem lotado (lembrando que estamos no ano da Copa);
– não é possível ir ao banheiro ou comer durante o tour, portanto certifique-se de ir antes de começar. Em frente ao quiosque tem banheiro família e fraldário;
– praticamente todo o trajeto pode ser feito com carrinhos de crianças ou cadeiras de rodas. O único momento que tem escada é na descida para o gramado, mas são cerca de 8 degraus;
– a entrada do Tour é feita pelo portão A, pela Radial Oeste, e por isso recomendo que vá de Metrô, que tem uma saída bem em frente ao portão;
– se for de carro, a entrada é feita pelo Portão 2;
– o tour é praticamente todo feito em ambiente climatizado, com a exceção do gramado, portanto é um passeio tranquilo de ir com um sol forte e até mesmo com uma chuvinha, para isso leve apenas uma capa ou guarda-chuva;- a lanchonete aceita cartão e a lojinha também, mas leve algum dinheiro para de repente facilitar a compra, principalmente dos produtos oficiais da Copa;
– durante a Copa o estádio fica em posse da FIFA, e portanto não haverá tour nesse período, que começa no dia 20 de maio e vai até 13 de julho;
– primeira vez no Rio e no Maraca? Não deixe de comer o cachorro-quente da Geneal,  na lanchonete, e que apesar de hoje estar na maioria dos shoppings da cidade, teve sua fama e conquistou os cariocas na década de 70 , dentro do Maracanã.

 

Informações


Horário das visitas: diariamente, das 9h às 16h (de hora em hora)  Sendo que segunda-feira é o dia da semana reservado para receber as escolas públicas, que têm prioridade, portanto fica mais difícil conseguir comprar o tour caso tenha excursão.
Duração: cerca de 1 hora
* em dias de jogos a última visita guiada começará 4 horas antes da abertura dos portões, sendo finalizada 3 horas antes da abertura dos portões.

Valor dos Ingressos:
Básico: R$ 30,00 | meia-entrada: R$ 15,00 (sem direito a estacionamento)
Premium*: R$ 50,00 | meia-entrada: R$ 25,00 (com direito a estacionamento para carro ou van)
VIP*: R$ 66,00 | meia-entrada: R$ 33,00 (com direito a estacionamento para ônibus)
*É necessário que apenas um dos passageiros adquira o ingresso com direito a estacionamento. Os demais poderão comprar o ingresso básico.

**Os ingressos podem ser cobrados na bilheteria ou pela internet no site  maracana.imxdigital.com.br/tour

A entrada do Tour é feita pelo  Portão A – Radial Oeste
Mais informações no site www.maracana.com ou no telefone 0800 0 MARACA

 

peça do museu do Maracanã que ainda não foi reativado, homenagem ao artilheiro do estádio: Zico

peça do museu do Maracanã que ainda não foi reativado, homenagem ao artilheiro do estádio: Zico

Curiosidades:

– O nome Maracanã vem de um tipo de papagaio conhecido na Região Norte , o Maracanã-guaçu. Mas a ave deu origem ao nome do rio Maracanã, que fica bem próximo ao estádio;

– O Maracanã foi palco do milésimo gol de Pelé, no jogo Vasco 1x 2 Santos, em 19/11/1969 e também de sua despedida da Seleção Brasileira, no jogo Brasil 2×2 Iuguslávia, em 18/07/1971;

– O jornalista Mário Filho, nome oficial do estádio, era irmão de Nelson Rodrigues e flamenguista, e recebeu essa homenagem por se destacar no apoio à construção do Maraca;

– Zico é o maior artilheiro do Maraca, com 333 gols nas 435 partidas que disputou no estádio (essa número não leva em conta o jogo de despedida realizado na semana passada no estádio, o qual o galinho fez mais um);

Algumas peças da calçada da fama

Algumas peças da calçada da fama

– O maior artilheiro da seleção brasileira no Maracanã é o Pelé, com 30 gols em 22 partidas;

– Zico também é o jogador que mais marcou gols em uma única partida no Maracanã: 6 gols, na goleada do Flamengo 7×1 Goytacaz, em 1979;

– Hernane, jogador do Flamengo, é o artilheiro do novo Maracanã, com 17 gols;

– o recorde de público do Maracanã (que nunca será batido devido à redução da capacidade do estádio com as obras) foi na fatídica final da Copa de 1950, Brasil 1×2 Uruguai, com o púbico de 199.854 pessoas .

 

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.
Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *