Visita à Cave Ferreira – Vila Nova de Gaia

Cave Ferreira

Cave Ferreira

Era enorme a expectativa para conhecer a Cave Ferreira … afinal é um dos mais tradicionais produtores portugueses com mais de 2oo anos e compreende a Casa Ferreirinha,  a casa produtora do ícone Barca Velha, um Douro tinto não fortificado, elaborado com castas do Porto e denominado por muitos  o melhor vinho português e um dos melhores do mundo.

 

 

 

 

Dona Antonia mudou a história da região do Douro

Dona Antonia mudou a história do vinho na região do Douro

A Ferreira  é uma das maiores referências dos vinhos da região do Douro. Fundada no século XVIII por Bernardo Ferreira, foi  pelas mãos de sua audaciosa neta,  Dona Antonia Adelaide Ferreira, a Dona Ferreirinha , que foi construído o império da família, que chegou  a ter mais de 30 Quintas no Douro. Dona Ferreirinha (1811 – 1896)  alavancou e desenvolveu a viticultura na região do Douro com seu empreendedorismo, principalmente para a época.  Dona Antonia assumiu o controle da empresa aos 33 anos e determinada, fez o que pôde para o desenvolvimento da região, seja financiando estradas de ferro ou lutando contra o governo que privilegiava os vinhos espanhóis.

Em 1987, a quarta geração da família Ferreirinha vendeu a empresa A.A. Ferreira para o grupo português Sogrape Vinhos, que manteve as tradições e valores construídos ao longo da história.

E ao entrar na Ferreira é possível ver a importância de Dona Ferreirinha, o respeito e admiração por tudo que ela fez. Alguns objetos que foram dela são expostos como em um museu e em quase todos os cantos existe uma referência à ela.

Sala da prova de vinho comentada

Sala da prova de vinho comentada

Fizemos a visita Dona Antonia, que é privada, com explicações básicas sobre a empresa, seus vinhos, sempre mais direcionadas aos vinhos do porto. A visita dá direito a uma prova de vinhos comentada por um enólogo, com 5 vinhos,  3 de mesa e 2 do porto. Nada como tirar fotos, assim pude checar os nomes.. foram esses: Quinta da Leda tindo 2009 (meu preferido), Vinha Grande Douro tinto 2009, Vinha Grande Branco 2010, Porto Ferreira Dona Antonia Reserva e Porto Ferreira Duque de Bragança Tawny 20 anos .

vinhos da degustação

vinhos da degustação

 

Para fazer a visita é preciso agendar, podendo ser feito pelo site . Existem 4 tipos de visitas com preços diferenciados:

  • Visita Clássica | Preço 5€ por pessoa:
    Visita guiada às caves com uma prova de dois Vinhos do PortoVisita Casa Ferreirinha | Preço 10€ por pessoa:
    Visita guiada às Caves Ferreira com uma prova de três Vinhos do Douro da Casa Ferreirinha, produtora do famoso “Barca Velha”Visita Dona Antonia | Preço 16€ por pessoa:
    Para pequenos grupos, uma visita privada (máximo de 8 pessoas) à “Sala dos Pertences de D. Antónia” e ao Museu Ferreira. Prova comentada de cinco Vinhos do Porto Ferreira no “Bar Velho”, uma sala de provas característica do Séc.XIXVisita Clássica e Quinta do Seixo | Preço 9€ pax:
    Inclui Visita Clássica | Caves Ferreira e Quinta do Seixo
A Cave é aberta o ano todo, todos os dias das 10:00h às 12:30h e das 14:00h às 18:00h.
Endereço: Avenida Ramos Pinto, 70
4400-266, Vila Nova de Gaia
Contato:
[email protected]
Tel: +351-223 746 106 / 7 / 8
Fax: +351-223 759 732
Curiosidade  sobre o ícone da Casa Ferreirinha, Barca velha:

Até 1952 o  Douro era conhecido apenas como pátria do vinho do Porto, e vinhos não fortificados,  brancos ou tintos,  eram desprezados. Nesse ano, o enólogo da Casa Ferreira, Fernando Nicolau de Almeida, elaborou o  Barca Velha que foi por muitos anos o melhor vinho tinto de Portugal.  O nome Barca Velha se deve à uma barca velha que era usada pra cruzar o Douro às margens da Quinta do Meão, onde o vinho foi criado.

O interessante é que até hoje só foram lançadas 16 safras do Barca Velha, e a mais recente é de 2004. Isso porque para ser declarada uma nova colheita do Barca Velha, não basta uma safra ótima, com uvas excepcionais. É com a evolução de lotes espetaculares dessa grande safra, e portanto, com o tempo, que se vai dizer se será um Barca Velha. Se a evolução não atingir os níveis de excelência, não existe Barca Velha.

Nem preciso dizer que não é um vinho barato … dei uma pesquisada e o de 2004 está sendo vendido a R$ 1400, sendo que já li que em Portugal o preço seria de 100€  e no resto da Europa algo em todo de 400€.

Mais uma “prova” da reputação do Barca Velha, se é que ele precise disso, é que no livro 1001 vinhos para beber antes de morrer, de Neil Beckett, o Barca Velha 1999 marca a sua presença, e com a recomendação de “beber até 2020”, pra dar uma idéia do tempo de guarda dele. Ainda não tive o prazer de degustar esse ícone, mas está na minha listinha, que não chega ao número 100, de vinhos que eu preciso beber antes de morrer.

 

_______________________________________________________________

A visita à Cave Ferreira fez parte da ação #DescubraPortugal.
Esta é uma ação de divulgação turística promovida pela   Agência Regional de Promoção Turística do Centro de Portugal,  Agência Regional de Promoção Turística Porto & Norte de Portugala TAP – Tranposrtes Aéreos Portugueses   e co-organizada pelo Portal de Turismo Embarque na Viagem.

Participam da ação #DescubraPortugal:Ana Catarina Portugal do Turista Profissional, Flávia Peixoto do Viajar é Tudo de Bom, Flavia Mariano do Viagem para Mulheres, Mauricio Oliveira do Trilhas e Aventuras, Naira Amorelli do Embarque na Viagem e Renata Araújo do You Must Go

 

 

 

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *