Passando fome no avião… Saudades da época da Varig!

Pois é.. me deparei sendo saudosista nessa semana… lembrando dos tempos da Varig  onde a parte da viagem no avião era também prazerosa, confortável…

Talheres da Varig.. bons tempos

Talheres da Varig.. bons tempos

Lembro que podia agendar a viagem na hora do almoço ou sair às pressas de casa sem café da manhã, que não morreria de fome.. teria algo para comer.. mesmo que não fosse a melhor comida do mundo. Mas confesso que sempre tinha algo gostosinho…

Isso sem contar com os talheres de metal da Varig, quando a companhia estava no seu auge, porque eu duvido que alguém goste de comer com talher de plástico.. que ainda por cima não é bom pro meio ambiente. E tinha opções de almoço, lanche..  Definitivamente os tempos mudaram.. e pra pior… aliás, muito PIOR!

Na verdade eu passei por um momento de indignação nessa semana, ao voltar de Salvador pela GOL, no vôo 1755 que saiu de SSA às 16:50 hs com destino à Belo Horizonte, Confins. Estava com as meninas, que têm 5 anos, e como havíamos saído da Costa do Sauípe, a 70km do aeroporto ás 13:30hs, almoçamos cedo. Até dei um lanchinho no aeroporto pra elas, mas contei em dar algo a mais pra elas no avião, já que a nossa chegada estava prevista para às 20:10hs no Santos Dumont, no Rio, pois teríamos conexão em BH.

menu do serviço de bordo pago da GOL

Já sabia que teria que pagar pelo lanche… e foi a primeira vez que me prontifiquei a fazer isso, mais pelas meninas, mas não estava vendo problema em fazer isso. Dentro do avião, um pouco depois da decolagem, começou o serviço de bordo pago, e eu peguei o menu e escolhi meu sanduiche, o snack e a bebida que eu ia comprar que juntos formam um combo, enquanto isso a aeromoça ia servindo as pessoas que estavam na frente. Nisso a aeromoça fala que apenas Real seria aceito para pagar, pensei: tudo bem, coisa rara mas eu estava com dinheiro.  Eu estava na fileira 8. Ao chegar do meu lado, fiz o meu pedido e ela me informou que não tinha o snack que eu pedi, que era o chocolate Alpino, justamente o que ia dar para as meninas comerem. As duas opções que tinham não me satisfaziam… mas ok, elas iriam dividir o sanduiche, pensei. Ao pegar minha nota de R$50 a aeromoça me avisa que não tem troco , logo eu não poderia comprar, já que o total seria R$20. Dado o meu espanto, ela falou que ia seguir até o fim do avião e vendendo teria troco para me dar. Aguardei. Uns 15 minutos depois ela volta pedindo desculpas que não tinha conseguido o troco e por isso eu não poderia comprar. Resultado, as meninas  ficaram sem comer por 5 horas até que eu chegasse em casa mais que revoltada.

Agora vou carregar marmita para viajar pela GOL, porque definitivamente não dá pra contar nem com o serviço de bordo pago.

 

 

 

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.
Últimos comentários
  1. Klenize Favero
  2. Alexandre
  3. karla
    • Nei Borne.
  4. ..............................................
  5. marcelo
  6. marcelo
  7. Liz Finkler
  8. Deboratg
  9. Denise
      • Denise
  10. Camila
  11. Vivian Lindsay Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *