Roteiro de 11 dias em Orlando

Universal Orlando Resort

Universal Orlando Resort

Quando fiz o post de Roteiro em Orlando em 7 dias, eu falei que não daria pra ver tudo, ou aproveitar tudo. Agora fiz um roteiro com 11 dias em Orlando, e com certeza esse tempo na cidade fica possível conhecer tudo com mais calma e aproveitar mais. Ainda não acho o tempo ideal, mas já melhora bastante. A minha idéia é fazer com outras quantidades de dias, assim eu posso ajudar mais gente a montar um roteiro.  Bora pro roteiro?

Dia 1: Magic Kingdom 

Magic Kingdom

Magic Kingdom

Talvez por ser uma pessoa ansiosa, eu insista que no primeiro dia tem que ir no  Magic Kingdom. Afinal nada é mais a cara da cidade do que ele, nada é mais aguardado do que ele! E, como ele fecha mais tarde que os outros parques, acaba que o atraso da chegada na cidade, check in no hotel, não prejudicam muito o dia.

Recomendo que se gaste um pouco mais na compra dos ingressos comprando a Park Hopper Option (que permite que no mesmo dia você mude de parque no Complexo da Disney). Nesse caso vale a pena chegar no parque um pouco antes das 15h, a tempo de ver o primeiro desfile. Se acha que vai conseguir chegar antes, tente fazer a reserva de alguma refeição em um dos restaurantes de table service do parque, até mesmo com personagens.  A  idéia é fazer o primeiro dia mágico mas não frenético.

De qualquer maneira é imprescindível agendar com antecedência o FastPass+ (fura-filas da Disney), quanto menos tempo em fila, melhor seu dia será aproveitado.

A saída do Magic Kingdom não será cedo (não deixe de assistir ao show de fogos  e como agora o roteiro tem mais dias, recomendo que faça uma boa refeição por perto e vá para o hotel. Tem uma filial do Uno Pizzeria & Grill em Lake Buena Vista e que fecha bem tarde.

Dia 2: Universal Studios, Island of Adventure e City Walk

Island Of Adventure

Island Of Adventure

Eu continuo achando que é melhor comprar o  Universal Express Unlimited Express (o fura-filas ilimitado da Universal) do que dois dias de parques. Até porque a área do Harry Potter pertence aos dois parques e é necessário o ingresso específico para dois parques em um dia. Sem contar que sem esse ingresso é impossível andar no trem Expresso de Hogwarts, e é imperdível.

O City Walk está na saída dos dois parques da Universal Orlando, portanto mais do que nunca vale a pena dar uma volta no complexo de entretenimento e jantar por ali mesmo, afinal não faltam boas opções como  Hard Rock Cafe, Bubba Gump e Red Oven Pizza .

Dia 3: Busch Gardens 

Busch Gardens

Busch Gardens

Com mais dias é possível encaixar um parque distante, como o Busch Gardens. Para o almoço, recomendo que faça refeição rápida em qualquer lanchonete, pois o parque é realmente grande. Como o parque fica em Tampa, a pouco mais de uma hora de Orlando, sugiro jantar por lá, e só depois pegar a estrada e ir direto para o hotel. Uma rede de restaurantes que tem em Tampa, assim como Orlando, Kissimmee e Lake Buena Vista, e que pode ser uma boa opção para o jantar é o Longhorn Steakhouse. E digo mais.. tem na estrada no caminho de volta. Eu sempre como lá.

Dia 4: Disney’s Hollywood Studios  e Disney Springs

Hollywood Studios

Hollywood Studios

O Disney’s Hollywood Studios não é um parque grande, logo não será um dia tão cansativo, mesmo terminando tarde. Dá pra acordar um pouco mais tarde e ir para o parque com calma. Não recomendo o contrário, acordar cedo e sair cedo, justamente porque o show de fogos, luzes e com personagens, Fantasmic, é imperdível. De qualquer maneira é prescindível agendar com antecedência o FastPass+ (fura-filas da Disney), quanto menos tempo em fila, melhor seu dia será aproveitado.

Apesar de ser um dia mais tranquilo, ainda não recomendo que o almoço seja em um restaurante table service. Acho que esse tipo de refeição é bacana quando não existe pressa em conhecer todo o parque em um dia. No Disney’s Hollywood Studios tem uma opção de restaurante de refeições rápidas (quick service) que que eu curto muito,ABC Commissary, pois tem saladas, salmão, camarão, peixe e até bife.

Depois de sair do Hollywood Studios vale a pena dar um pulo no Disney Springs (antigo Downtown Disney) e tentar jantar por lá. Planet Hollywood, Splitsville (que também é um boliche) e Rainforest Café são alguns restaurantes que vale a pena experimentar. Se a idéia é guardar energia para o dia seguinte, vale a pena comer alguma comidinha nos Foods Trucks.

Dia 5: Kennedy Space Center e Mall at Millenia

Mais um dia de pegar a estrada, agora indo na direção leste, rumo à Cape Canaveral. O Kennedy Space Center fica a uma hora de distância de Orlando e com certeza tudo lá é diferente do que se vê nos outros parques. Para o almoço recomendo que se faça um lanche rápido lá mesmo no Kennedy Space Center. No jantar, o tempo que se leva na estrada é compensado pela saída do complexo que fecha mais cedo que os outros parques. É possível inclusive dar uma passada no Mall at Millenia e jantar no Brio ou na The Cheesecake Factory.

Dia 6: Walmart e Premium Outlet da International Drive

Vamos dar uma pausa nos parques e ter um dia só para compras? Comece pelo Walmart, qualquer um,  da região turística, eu prefiro o que fica na Turkey Lake Road. Muitos não têm idéia de como tem coisa bacana pra comprar lá, e tudo bem baratinho, inclusive roupas. Reserve umas 3 horas por lá, pela manhã. Na hora do almoço eu sugiro matar a saudade da comida brasileira, principalmente quando estamos com crianças e a saudade do feijão começa a aumentar. Para isso tem o Camila’s Restaurant, que e é estilo buffet mas sempre tem alguma carne tipo churrasco, o Ana’s Kitchen, a la carte, ou a maravilhosa churrascaria Black Fire Pra facilitar, o Ana’s Kitchen e o Camila’s ficam perto da  International Drive, pertinho da próxima parada:.. o Premium Outlet da International Drive. O Premium da International Drive é o outlet mais completo de Orlando, tem lojas para todos os gostos e idades, por isso é muito fácil passar mais do que 4 horas por lá. A praça de alimentação do outlet é muito fraca, diria que serve apenas para quebrar um galho, por isso coloquei no roteiro um almoço bom, para evitar uma refeição nada saudável. O jantar eu também sugiro que seja feito por ali pela International Drive, pode ser no Red Lobster, Bahama Breeze e, se gostam de esportes, jogos, recomendo uma ida ao Miller’s Ale House, o clima é super animado.

 

Dia 7: Disney’s Boardwalk e Epcot

Epcot

Epcot

Que tal tomar café da manhã no Disney’s Boardwalk,  mais precisamente na bakery, dar uma volta no calçadão e ir a pé para o Epcot? O Disney’s Boardwalk é um calçadão em volta de um lago e que tem acesso a pé ao Epcot e ao Hollywood Studios, isso porque em volta dele tem vários hotéis do Walt Disney World Resort. Como é possível deixar o carro gratuitamente no estacionamento dos visitantes e ir a pé para o parque, dá pra juntar perfeitamente as duas atrações. Quando o Epcot fechar, basta retornar pelo mesmo caminho para pegar o carro.

Minha sugestão é que se faça todas as refeições no Epcot, almoço e jantar. Afinal é o melhor parque para se fazer isso, pois tem restaurantes ótimos! Ok, para não perder tempo faça uma refeição rápida, eu gosto muito da La Cantina de San Angel, um quick service de comida mexicana que inclusive tem uma das melhores vistas dos fogos! Mas é preciso chegar uns 40 minutos antes para conseguir uma boa mesa com vista. Para o almoço o que não faltam são bons restaurantes, como o Le Cellier Steakhouse (Canadá), o Tokyo Dining (Japão) e o Tutto Italia (Italia), entre outros.  Ah , e não saia do Epcot sem assistir o Illuminations, show de luzes e fogos!

Dia 8: Animal Kingdom e Cirque du Soleil – La Nouba

Animal Kingdom

Animal Kingdom

Apesar de ser o parque do safari, de exposição de animais, o  Animal Kingdom também tem uma montanha-russa muito legal, a Everest, que para mim já é motivo suficiente para ir lá. Além do fato de ser um parque da Disney, com direito a fotografar Mickey, Minnie e sua turma. Recomendo o almoço no Rainforest Café, a comida é variada e  vale a experiência, até porque lá ele é bem menos cheio do que no Disney Springs.

A partir desse ano o parque terá show de encerramento. Se quiser ficar até o final, vale a pena voltar ao Disney Springs e jantar por lá. Caso saia cedo, recomendo ir ao Cirque du Soleil para assistir a La Nouba. O show é incrível, na verdade todos os shows do Cirque du Soleil são! Como fica localizado no Disney Springs, recomendo também que o jantar seja por lá mesmo. Se o almoço foi um lanche, vale a pena ir no Portobello Country Italian Trattoria ou no Paradiso 37. Se foi possível comer direito no almoço, pode ser que uma parada no food truck seja mais eficiente.

Dia 9: SeaWorld ou Discovery Cove e Blue Man Group ou Medieval Times 

SeaWorld

SeaWorld

Aqui deixo a escolha com vocês, o SeaWorld tem shows com baleias, golfinhos, exposições de animais marinhos, mas também tem outras atrações como montanhas-russas e outros brinquedos típicos de parque. Já o Discovery Cove é para quem quer mergulhar com golfinhos, interagir com eles. O esquema de ir ver show de animais ou nadar com eles não faz a minha cabeça. E por isso eu prefiro o SeaWorld, até porque ele tem a maravilhosa montanha-russa Manta…  e agora nesse verão eles inauguram mais uma, a Mako (confesso estar ansiosa). Mas como ainda não tem dias suficientes para ir em todos os parques, deixo com vocês a decisão que agrade mais ao grupo que está indo viajar. Quanto às refeições, o Discovery Cove oferece todas, isto é, ao comprar o ingresso, seu café-da-manhã, almoço e snacks estão incluídos. No caso do SeaWorld eu recomendo comer em alguma lanchonete do parque, pra dar tempo de aproveitar tudo.

Como os dois parques fecham cedo, é dia de fazer algo mais legal de noite! Dou duas opções bem distintas: Blue Man Group e Medieval Times. O Blue Man Group é um show de luzes, som e três atores pintados de azul! Indico ele para pessoas que entendam bem o inglês, apesar dos 3 atores não abrirem a boca para falar nada, muitos textos aparecem no show, e se não ler, acaba não entendendo o que está acontecendo.Se a opção for o Blue Man, recomendo que o jantar seja feito no CityWak , lá tem boas opções como Hard Rock Cafe, Bubba Gump e Red Oven Pizza .

Já o Medieval Times é uma mistura de restaurante temático em uma arena de show e um museu (a Vila Medieval). O show é um super bem elaborado torneio de cavalheiros medievais, que é apresentado durante a refeição, feita com as mãos, e que está incluída no valor do ingresso. O menu é fixo: pão, sopa de tomate; milho doce cozido, frango assado e batata assada. A sobremesa e bebidas (refrigerantes e sucos) também estão incluídas. O espetáculo é bem divertido e contagiante, diria que as crianças acabam entrando no clima e torcem muito!

Dia 10: Magic Kingdom ou um dia mágico

Sim, mais um dia de Magic Kingdom, afinal todo mundo vai para Orlando em busca da magia!  Isso porque vocês viram que coloquei a chegada no parque, no primeiro dia, para mais tarde, para que não fosse tão cansativo chegar de viagem e sair correndo pro Magic Kingdom.  Também sugeri que fosse comprada a opção Hopper, que dá pra mudar de parque no mesmo dia, dentro do complexo da Disney. Tudo isso para que deixasse um dia de ingresso, com a mobilidade de mudar de um parque para outro e aproveitar para fazer o que não deu tempo ou foi feito corrido. Recomendo que comece o dia no Magic Kingdom e, se conseguir terminar tudo que queria cedo, vale a pena mudar de parque, como o Epcot ou Disney’s Hollywood Studios. Ou mesmo ir no Animal Kingdom, se ele não foi a opção do oitavo dia.

Eu usaria esse dia para marcar refeição em algum restaurante com personagens, poderia ser no Magic Kingdom,, Epcot, Hollywood Studios , Animal, Kingdom, ou nos hotéis da Disney, são muitas opções como o Chef Mickey (dentro do Contemporary Resort), Crystal Palace (Magic Kingdom), Mickey’s Backyard BBQ (dentro do Fortwilderness Resort), Tusker House (Animal Kingdom), Cinderella’s Royal Table (Magic Kingdom), Akershus Royal Banquet Hall (Epcot), Be Our Guest (Magic Kingdom), Hollywood & Vine (Hollywood Studios), entre outros. Reserve com antecedência, alguns com muita, e programe o resto do dia em função da refeição.

Dia 11: Winter Park ou Lake Buena Vista Factory Stores 

Já fez todas as compras que tinha que fazer? Então vá conhecer uma cidadezinha super bacana que fica bem ao norte de Orlando: Winter Park, dê uma volta no centrinho dela e aproveite para almoçar por lá mesmo. Curte vinho? Então sente para almoçar no The Wine Room, e se não é fã da bebida, pode ir no Brio.  Se tiver tempo faça o Scenic Boat Tour pelos lagos da cidade, com certeza vai ser uma maneira de conhecer uma Orlando bem diferente!

Se não conseguiu terminar de comprar o que gostaria, dê um pulo no Lake Buena Vista Factory Stores, o outlet é bem pequeno e compacto, facilitando as compras, afinal é o último dia de viagem. O fato de ser pequeno não significa que não tenha bons preços ou boas lojas, eu diria até que curto mais ele do que os outros outlets maiores.

Não fique desconectado em sua viagem para Orlando, compre aqui um chip pré pago com internet ilimitada

Quer mais dicas da cidade dadas por quem mora nela? Acesse o link Orlando é tudo de bom

Já tem onde se hospedar em Orlando? Reserve agora pelo nosso parceiro Booking

Hotéis em Orlando 

 

 

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.
Últimos comentários
  1. Osvaldo Zanetti

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *