Duty Free argentino , Paraguai e comprinhas

zona franca

Já falei aqui que o EIBTUR foi em Foz do Iguaçu, e apesar de ser a minha terceira ida à cidade, eu nunca tinha ido ao Duty Free de Puerto Iguazú.

Duty Free de Puerto Iguazú

Tudo  bem  que não sou um exemplo de mulher que curte fazer compras, mas eu tenho me interessado, agora depois de velha, por cosméticos, make, e isso vale a pena comprar fora do Brasil.

Acabei tendo a MELHOR aula de produtos, make, maquiagem , que eu poderia ter na vida!!! Isso porque quem me acompanhou na ida ao Duty Free foi a Cinthia Ferreira ,do Makeup Atelier . Ela sabe TUDO e me mostrou diversos produtos de marcas que não se encontram aqui.  E realmente achei que o grande benefício de lá é a variedade de marcas e produtos no mesmo lugar. Eu acabei não comprando nada pra mim, só para as meninas, achei os preços mais caros  do que eu tinha visto no Paraguai em agosto, como o meu perfume, Armani Code feminino , que paguei US$ 70 ano passado, estava a US$ 89 lá e como  eu ia no Paraguai no dia seguinte, segurei a onda! rs E na volta ao Paraguai   vi que os preços do Duty Free da Argentina regulam com os da Sax, Monalisa, grandes e sofisticadas lojas de Ciudad del Este e com o Shopping del Este. Como exemplo o próprio perfume e os batons da  Mac: US$ 30. A Cinthia acabou comprando vários produtos e estou aguardando o post dela 🙂

Ia apenas dar uma volta no Shopping del Este no Paraguai, mas o Maurício do Trilhas e Aventuras me carregou pelo meio das ruas da cidade e pelas galerias. Aliás foi uma experiência bem diferente da que eu tive em agosto, até porque uma coisa é ir ao Paraguai com os guias da Loumar e outra é ir de forma independente. Fiquei com medo, confesso rs

vitrine da Elegância

Acabei achando o meu perfume por US$ 70 e batom Mac por US$ 23 na Elegância. Realmente tem que bater perna lá pra conseguir um bom preço e até pechinchar… o Maurício conseguiu um bom desconto pechinchando : Azzaro Decibel de US$ 45 por US$ 40. Eu preciso aprender a fazer isso rs Mas como falei no post da primeira ida, comprar lá vale a pena.. Blushs  e máscaras da Revlon por US$ 12..e para os mais plugados ,vimos o Ipad 2 com wi-fi  de 16 GB por US$ 400 em uma loja confiável. Caso a viagem seja feita com crianças recomendo ir apenas ao Duty Free da Argentina, é muita confusão em Ciudad del Este para os pimpolhos… agora se prepare porque tem uma mega loja de brinquedos lá 🙂

E para terminar, apenas lembrando que se passar da famosa cota é preciso declarar os bens.. e seguem essas dicas que tirei do site da Receita Federal  para quem viaja e compra umas coisinhas (todos rs)

No seu retorno ao Brasil, você pode trazer mercadorias, sem o pagamento de tributos, desde que estejam incluídas no conceito de bagagem, não permitam presumir importação com fins comerciais ou industriais e respeitem simultaneamente o limite de valor global e o limite quantitativo.

O limite de valor global corresponde a:

a) US$ 500,00 (quinhentos dólares dos Estados Unidos) ou o equivalente em outra moeda, quando o viajante ingressar no País por via aérea ou marítima; e

b) US$ 300,00 (trezentos dólares dos Estados Unidos) ou o equivalente em outra moeda, quando o viajante ingressar no País por via terrestre, fluvial ou lacustre. <= Esse é o caso de quem vai para a Argentina ou Paraguai por Foz do Iguaçu.

O limite quantitativo corresponde a:
Na via aérea ou marítima:
a) bebidas alcoólicas: 12 litros, no total; (atenção: isso não quer dizer 12 garrafas)
b) cigarros: 10 maços, no total, contendo, cada um, 20 unidades;
e) bens não relacionados nos itens “a” a “d” (souvenirs e pequenos presentes), de valor unitário inferior a US$ 10,00: 20 unidades, no total, desde que não haja mais do que 10 unidades idênticas ; e
f) bens não relacionados nos itens “a” a “e”: 20 unidades, no total, desde que não haja mais do que 3 unidades idênticas.
Na via terrestre
a) bebidas alcoólicas: 12 litros, no total;(atenção: isso não quer dizer 12 garrafas)
b) cigarros: 10 maços, no total, contendo, cada um, 20 unidades;
e) bens não relacionados nos itens “a” a “d” (souvenirs e pequenos presentes), de valor unitário inferior a US$ 5,00: 20 unidades, no total, desde que não haja mais do que 10 unidades idênticas; e
f) bens não relacionados nos itens“a” a “e”: 10 unidades, no total, desde que não haja mais do que 3 unidades idênticas.

 

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.
Últimos comentários
  1. regina correa
  2. gabriel
  3. gabriel
  4. Gisele
  5. Heider
  6. Lilian Albert
  7. Cássia Oliveira
  8. jaci saboia
  9. Carolina Majeski

Deixe uma resposta para regina correa Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *