Visitando a Itaipu Binacional

ITAIPU BINACIONAL

Fomos duas vezes à Itaipu Binacional durante o #BlogTurFoz : fizemos o Circuito Especial e assistimos à Iluminação da Barragem. Em 2009 fiz apenas a Visita Panorâmica, até porque as meninas não poderiam fazer o Circuito Especial que só é permitido para maiores de 7 anos  14 anos. Já tinha ficado impressionada com a construção, com o poder e capacidade da usina. Mas entrar na usina, ver seu funcionamento, faz muita diferença.

Por dentro da usina

É um programa imperdível, até porque eles estão super preparados para receber os turistas. Além desses três passeios que falei, existe a visita ao Ecomuseu e ao Refúgio Biológico Bela Vista . O único porém do dia foi que mais uma vez eu encontrei o vertedouro fechado (a parte da usina que serve para escoar a água em excesso do reservatório). E  pior é que foi fechado um dia antes da visita. 🙁

Vertedouro fechado

 

A dica para ver o vertedouro aberto seria o período das chuvas, porém das chuvas em São Paulo ou ao longo do percurso do rio Paraná, que seria entre dezembro e fevereiro, lembrando que em Foz o verão é bem quente.

 

Iluminação da Barragem

E em uma noite linda de lua cheia fomos assistir à Iluminação da Barragem. Passaria um vídeo antes, mas como estava ventando muito não pudemos assistir.

 

 

 

Mas foi no primeiro dia do evento que eu fui contagiada e me senti orgulhosa do Brasil fazer parte desse grande empreendimento, uma das  maiores usinas hidrelétricas do mundo em geração de energia (não é a toa que é uma das sete maravilhas do mundo moderno). Isso porque fomos privilegiados de assistir a uma palestra do Gilmar Piolla, superintendente de comunicação social de Itaipu e Presidente do Fundo Iguaçu (entidade responsável pela promoção do destino Iguaçu).
Mais que o empreendimento em si, Itaipu, Gilmar Piolla nos mostrou as mudanças do destino Iguaçu nos últimos 5 anos e destacou a importância econômica do turismo na região. Fomos apresentados em primeira mão à projetos urbanos e turísticos, entre eles a ampliação do Aeroporto Internacional de Foz de Iguaçu/Cataratas, mostrando que existe uma integração forte entre a usina, a cidade e o setor turístico privado com intuito de alavancar o turismo na região. A apresentação dos projetos pelo Gilmar foi contagiante, me dando a certeza que Foz do Iguaçu tende a ficar cada vez mais em alta como destino turístico, e tem tudo para isso.

 

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.
Últimos comentários
    • Flávia Peixoto
    • Flávia Peixoto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *