Os passeios – Fernando de Noronha

Não sou uma pessoa fresca, já conhecia Fernando de Noronha e sei das limitações e etc. Dessa vez eu contratei o receptivo Ilha de Noronha , achei o site completo, interessante e resolvi arriscar. Chegando em Noronha, eles estavam lá, e assim que entrei no carro,  bem destruidinho, sentei em cima de uma barata. Não que isso não possa acontecer com outras empresas, mas acho que pra recepcionar o turista é preciso um cuidado maior, para mostrar uma bom impressão. Resultado? Apesar da empresa ser na rua onde ficava a minha pousada, que fechei por eles também mas depois comento a respeito, eu prefiri contratar a Atalaia Noronha, que faz parte do grupo Luck Receptivo. Fica localizada a poucos metros do Projeto Tamar e mostra uma maior seriedade no trabalho e no relacionamento com os turistas, recomendo.
Contratei o Ilhatur, o passeio de barco e a prancha submarina. E tive a minha primeira decepcão a Ilha. O Ilhatur, em qualquer operadora, não passa mais pela praia do Atalaia. Ainda não entendi se a decisão foi do IBAMA, ou se foi algo em acordo com as operadoras de turismo, mas a visita à praia do Atalaia agora é feita em um passeio à parte, e com trilhas. O passeio curto custa R$ 50,00 e é feito por uma trilha escorregadia e com lama.
Antes se chegava à praia do Atalaia de carro, parando em um gramado a cima e descendo poucos metros até a piscina natural.Qualquer pessoa de qualquer idade tinha acesso à esse paraíso que já tinha o controle do IBAMA de visitantes. Outra vantagem dessa entrada era que era fácil saber se a piscina natural tinha condições de mergulho, seja pela maré, ondas ou chuva. Agora, os turistas ficam no ponto de saída de uma trilha esperando notícias de um responsável do IBAMA a respeito das condições da praia. E ainda querem “modernizar a trilha”gastando uns milhões para algo totalmente desnecessário que é o acesso a uma praia que tinha o acesso tranquilo.

Antigo acesso à praia do Atalaia

Resultado, tive que comprar à parte esse passeio. E acabei não fazendo pois as informações que chegavam eram de que não tinha condições de mergulho, só visualizar de fora. E vou sempre ficar com a dúvida se realmente não tinha, afinal, eu não vi.
Voltando ao Ilhatur, ele agora vai ao mirante do Sancho e da Baía dos Porcos e desce até à praia do Sancho pra mergulho com snorkel.

Vista dos Dois Irmãos e Baía dos Porcos do alto do mirante

Depois segue de carro até a Praia da Cacimba do Padre, caminhando até a Baía dos Porcos para outro mergulho. O almoço é em algum dos restaurantes que ficam atrás da Cacimba do Padre. Comida simples mas gostosinha. De lá parte para o Museu dos Tubarões e Buraco da Raquel. No museu dos tubarões você pode comer o famoso bolinho de tubalhau.

 

Em seguida o destino é a Praia do Leão, mas o passeio se restringe ao mirante para tirar fotos dessa praia que é belíssima. De lá, Praia do Sueste, onde se tem 30 minutos pra mergulhar. E por fim, o passeio termina no Mirante do Forte do Boldró para assistir ao pôr do sol.

Pôr do sol no Mirante do Forte do Boldró

Bom, narrei o passeio todo justamente pra mostrar que o Ilhatur depois de não ter mais a visita à Praia do Atalaia, perdeu todo o sentido. Todo esse roteiro pode ser feito sem guia, de buggy e mais à vontade com relação aos horários.

 

Já o passeio de barco é imperdível, como já tinha constatado da outra vez, é o melhor jeito de se ver os golfinhos na Ilha.

Golfinhos saltando em volta do barco no passeio

Existe um passeio ao Mirante dos Golfinhos, às 5hs da manhã, mas a visualização, mesmo de binóculos, é bem difícil. E no passeio de barco eles saltam em volta dele. E isso tem uma explicação, são os machos querendo distrair  o barco e proteger as fêmeas e os filhotes que estão por perto. So cute!! 🙂

 

A Prancha Sumarina é uma mistura de mergulho livre com emoção.. A lancha leva as pessoas por uma corda amarrada à pranchinha e passa pela região do Porto e Biboca onde tem um naufrágio. A parte da emoção fica pela velocidade da lancha, muitas vezes o marinheiro se empolga e é bom se segurar bem! Nesse passeio é certo encontrar com tartarugas. Custa R$90.
Minha dica é contratar o passeio de barco, o da pranchinha e a praia da Atalaia. E alugar um buggy para ter mobilidade e conhecer todas as praias da Ilha, que são muitas. Mas atenção ao alugar o buggy, como tudo chega de barco na Ilha, muitos estão em péssimas condições.

 

 

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.
Últimos comentários
    • Flávia Peixoto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *